Arquivo da tag: ícaro sá

Ian Lasserre.

Ian Lasserre

Ep Idéias e Pedaços

Capa do EP Ideias e pedaços
Concept/Design: Helder Santos
Fotografia: Lukas Cravo

Ian Lasserre aposta em vida inteligente na música baiana

Aos 24 anos, estudante de Filosofia na Universidade Federal da Bahia e já com uma história musical na cena baiana – elogiado por trabalhos com o grupo Manontroppo, a banda Neologia e o projeto In-transitu – o cantor e compositor baiano Ian Lasserre investe agora em um trabalho autoral solo. No próximo dia 30 de outubro, ele fará o show de lançamento do EP Ideias e Pedaços, no Teatro Sesi – Rio Vermelho.

Intérprete de voz bem trabalhada e instrumentista com uma marca rebuscada na execução do violão, sedimentando influências evidentes na valorização de ritmos e harmonias brasileiras, Ian vai apresentar no palco um repertório de composições inéditas, quatro reunidas no disco. O lançamento do EP Ideias e Pedaços é o primeiro passo do artista na construção do álbum Pindorama, previsto para ser apresentado em 2013.Para Ian, a depuração das letras nas composições é um dos pilares do novo trabalho. No EP estarão as faixas Sertões, Africanizar, Mar Mirante e Pindorama. No palco, essas quatro canções serão mostradas juntamente com outras sete composições. A maior parte das músicas é assinada por Ian, em parceria com o poeta Thiago Lobão. Completam o time de compositores, Davi Correia e Gabriel Rosário, este último, instrumentista e arranjador, integra a banda que estará no palco do Teatro Sesi. Rosário (bandolim) estará ao lado de Felipe Guedes (guitarra), Alexandre Vieira (contrabaixo elétrico e acústico), de Ícaro Sá (percussão) e de Kainan Gege.O repertório do show reúne melodias e harmonias que sintetizam cores de escolas como bossa nova, Clube da Esquina mineiro, tropicalismo e jazz, emolduradas por bases rítmicas calcadas na matriz índio-afro-brasileira. As letras expõem um olhar sobre o País, como em Pindorama (“chiado em mata, miragem e serra, viu, sete mares, caxangás, cobre, rios, sorte, caxambus, guarás, amigo o caxingó, oitis, torós, cocais, xingus, na sina de encontrar mil minerais e chãos, fundar, com mãos a vida arar, Brasis plantar…”) ou Africanizar (“quilombo sem espaço ficou, quero o outro lado contado, cor não divide o estado, reafricanizar a relação: se hoje cor é pão, por quem fui pintado?”), sem abrir mão do humor inteligente, como em Samba da Língua (“samba, samba, minha língua, com você não posso não, se me diz que é portuguesa, eu lhe digo não é não, é melhor ser brasileira e ter mais de uma cor, sambar tupi latim aqui, falar bantu e suaíli, e te gosto do seu jeito, normativa ou botequim…”).SHOW DE LANÇAMENTO DO EP IDEIAS E PEDAÇOSARTISTA: Ian Lasserre
DIA E HORÁRIO: 30 de outubro, 20 horas
LOCAL: Teatro Sesi – Rio Vermelho (Rua Borges dos Reis, 9, telefone: 3616-7061)
INGRESSO: R$ 20,00 / R$ 10,00

Texto: divulgação

Matéria na revista Muito: http://atarde.uol.com.br/muito/materias/1459822-a-musica-autoral-de-ian-lasserre

Depoimento do produtor, Jorge Solovera: http://www.jorgesolovera.com.br/em-andamento/ian-laserre-ep

Clipe de Os Sertões
Direção, fotografia e montagem por Caio Araújo, como um presente para a Manontropo.
Composição : Ian Lasserre e Thiago Lobão.
Sertão da Bahia, Fevereiro de 2011.

Jazigo Jazz
Composição: Ian Lasserre
Direção: Lukas Cravo

http://www.facebook.com/iancavazinilasserre

Anúncios
Etiquetado , , , , , , , , , , , , ,